Se cura.

Tuas ausências cada dia estão mais presentes
Do que você que nem mais em casa pisa
O carpete novo tem tons de cinza
Da poeira de passadas mal resolvidas
Entram e saem palavras na minha mente
Que muito mentem até que eu acredite
Que as flores da tua estante não estão morrendo
Pela secura das minhas palavras pouco ditas
Nosso coração já pulsou mais sangue
Do que essa miséria propriamente dita
Que sugamos o pouco que ainda nos resta
Pra sustentar uma ilusória longa vida
Se não estiver com pressa para ir embora, volta
Antes que eu compre minhas passagens só de ida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s