Tique ataque.

Quem foi que disse que o tempo nao pára
Não viu a volta dos ponteiros o mundo passar
Tem olhares congelantes que tiram arrepios em instantes
E revivem as borboletas no estomago a voar.

Quem foi que disse que o tempo não pára
Não tomou um baita susto de se apavorar
Ver toda sua vida em poucos segundos
Frente aos seus olhos, como se não fossem voltar.

Quem foi que disse que o tempo não pára
Não provou do beijo que fez suas mãos suar
Não ouviu a música que tocava ao fundo
Como a trilha sonora de sua vida num altar.

Quem foi que disse que o tempo não pára
Está preocupado que curto ele está
Vive na linha, apressado e com medo
De que nunca terá tempo de tudo terminar.

Quem foi que disse que o tempo não pára
Precisa esquecer esse tique taque a tocar
Esquece os sentidos, corre perigo
O mundo não gira, se você também não andar.

Dê um tempo ao tempo, que ele vai devagar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s