Vinte e vem.

Era domingo, vinte e dois
E agora já estou com vinte e três
Dois mil e doze foi
Mas só agora que te recuperei

Do tempo que perdi
Acho que agora te ganhei
Com uns versos simples e
Dois beijos que eu já te dei

E quem diria que
Eu novamente iria sonhar
Acordado aqui, no trabalho
E universidade a te estudar

Tem tanta coisa que eu ainda,
Eu ainda não aprendi a falar
Quem sabe tua lingua sim
Poderia vir me ajudar

E do futuro não entendo eu
Como posso ver ou interpretar
Mas se nas linhas da tua mão
Não tiver espaço meu

Me dá licença, que eu vou entrar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s