Inútil hipocondria

Eu já procurei em todas as caixas
São tantas pílulas sem nenhuma cura
E de todas as doenças que já tratei
A tua indiferença é a que mais machuca

Os pulmões continuam os mesmos
Mas não sentem mais prazer no ar
A memória continua sempre curta
Mas em todo canto dela você está

Essa dor no peito insiste em me atacar
Nem meus anticorpos conseguem bloquear
A invasão de sentimentos que me faz perder
As forças pra aguentar a falta que me faz você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s