Caronte

Eu sei que estou a deriva
Mas não deixarei a onda me levar
Muitos corpos aqui também estão perdidos
Enquanto eu procuro me encontrar

São sete palmos de água acima da terra
Um espelho da água profundo que espera nos afogar
O reflexo de tudo aquilo o que tememos
Nos puxando enquanto apenas tentamos ficar

O mais distante possível do temido barqueiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s